Cervejaria Ambev anuncia início de obras para fábrica de latas em Sete Lagoas



A Cervejaria Ambev anunciou neste sábado (3) o início das obras para construção de sua primeira fábrica de latas em Sete Lagoas, na região Central de Minas. A previsão é de que a obra seja concluída em 2020 e a produção possa abastecer, inicialmente, a demanda das cervejarias de Sete Lagoas, Juatuba e parte das operações da região Sudeste.

O anúncio da fábrica, que deve receber investimentos de R$ 700 milhões nos próximos três anos, contou com a presença do governador Romeu Zema. A previsão é de que o novo empreendimento gere 600 empregos temporários durante as obras. Assim que a operação tiver início, estima-se que 350 pessoas serão empregadas direta e indiretamente.
Com uma área construída de 45 mil metros quadrados, a fábrica abrigará duas linhas de produção de latas, além de uma linha de produção de tampas. O projeto prevê um funcionamento com energia 100% renovável.

Raposa é encontrada dentro de uma casa em Uberaba; veja vídeo

Uma raposa foi encontrada dentro do banheiro de uma casa em Uberaba, no Triângulo Mineiro, na manhã deste sábado (3). Ao encontrar o animal acuado dentro do cômodo, a família fechou a porta e ligou para o Corpo de Bombeiros.


 Os militares conseguiram capturar o animal com o auxílio de um enforcador e colocá-lo dentro da carrocinha da corporação. A raposa, que é uma fêmea, estava em perfeita saúde e foi solta em uma mata próxima ao local onde foi capturada.

Lote de chás e azeite de oliva são proibidos pela Anvisa

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) proibiu a fabricação , distribuição e comercialização, em todo o território nacional, de todos os lotes do produto azeite de oliva extra virgem, da marca Fática, fabricado pela Industria de Alimentos Paulista Comercio e distribuição Eireli.

A empresa não está devidamente licenciada pela autoridade sanitária do município de São Paulo, e por isso não está permitida a fabricar e distribuir o produto. Também fica determinado o recolhimento de todos os lotes do produto citado.
Chás com substâncias não autorizadas
A Anvisa determinou também a proibição da fabricação, distribuição e comercialização, em todo o território nacional, de todos os lotes do produto erva cidreira (Lippia alba), marca Flor do Campo, fabricado por Flor. 
A Resolução RE 185, publicada no Diário Oficial da União aponta como motivo para a medida, a presença da espécie vegetal Lippia alba, que não é autorizada pela legislação de alimentos para preparo de chás, detectada pelo Laudo de Análise definitivo 3083.1P.0/2017, emitido pela Fundação Ezequiel Dias (FUNED) - Laboratório Central de Saúde Pública.
Já a Resolução RE 213 determina a proibição da fabricação, distribuição e comercialização, em todo o território nacional, de todos os lotes do produto SENE, marca Fito Alimentos - Chás & Ervas, fabricado por Marcolino Jose da Rocha - ME.
O motivo é a presença da espécie vegetal Sene (Senna sp.), que não é autorizada pela legislação de alimentos para o preparo de chás. A irregularidade foi detectada no Laudo de Análise Definitivo 1878.1P.0/2017, emitido pela Fundação Ezequiel Dias (FUNED) - Laboratório Central de Saúde Pública.
A Anvisa determinou ainda que a empresa promova o recolhimento do estoque existente no mercado de todos os lotes do produto citado.
Copyright © 2018 6 Site News - Todos Direitos Reservados.
Template By. Blogger | Published By O Site das Notícias!